26
maio

Livro X Filme: A Garota no Trem


Não sou fã de comparar livro e adaptações para o cinema, mas como alguns de vocês pediram lá no Instagram (@devliterarios), eis-me aqui 🙂

A história de “A Garota no Trem” fala sobre a vida de três mulheres: Rachel, Anna e Megan, e mescla memórias, fatos ocorridos no passado, com o presente, sempre divididos por capítulos(livro)/cenas(filme) com as observações e vida de cada uma.

No livro, todos os dias Rachel pega o trem na sua cidade e vai para Londres (no filme ela mora em NY e o trem a deixa no centro), e no caminho sempre observa a casa de “Megan”, modelo de mulher que Rachel idealiza como bem sucedida e feliz com o marido, o contrário dela mesma: separada, alcoólatra e desempregada.

Um belo dia, Rachel acorda toda suja de sangue e lama e, como é alcoólatra, não faz ideia do que aconteceu noite passada. Vendo as notícias, ela fica sabendo que “Megan” está desaparecida. Aí começa o desenrolar da história, com Rachel precisando muito saber o que houve com Megan, e também tentando resgatar sua memória, autoconfiança e dignidade. No meio disso tudo está a Anna, atual esposa do ex de Rachel (Tom). Um dos fatos é que Rachel não conseguiu ser mãe, e Anna tem um bebê com Tom.

GirlTrain

O livro tem um ritmo beeem devagar, por se tratar de um thriller (suspense), então o momento do clímax realmente vem só no final. No filme não é diferente, talvez pra quem não leu o livro a primeira impressão vai ser de que não acontece nada… e realmente eu também achei isso. Muitos diálogos são um tanto quanto perdidos, que só vão fazer sentido mesmo quando as pontas se fecharem. Quando li o livro, precisei me situar um pouco pois as narradoras iam trocando e eu ficava um pouco confusa se era Rachel ou as demais que estavam relatando suas vidas.

O filme foi de certa forma fiel ao livro, mas com relação às temáticas presentes – e elas são muitas! Vício, vergonha, relacionamento abusivo, vingança, vazio existencial… – senti que faltou profundidade. O foco do filme ficou muito em resolver o mistério do desaparecimento de Megan e pouco na questão psicológica que afetou todas as relações das três mulheres.

De todo modo, caso você não tenha interesse em ler o livro, o filme vai atender às suas expectativas de curiosidade em saber, afinal de contas, o que aconteceu com a “Megan”?
Uma dica: fique atento aos detalhes no decorrer do filme, o final é muito bom.

Livro:capagarotatrem

Título Original: Girl on the train
Autora: Paula Hawkins
Ano de lançamento: 2015
Número de páginas: 378
Editora: Record
Preço Médio: R$ 23,90
Compre aqui: http://amzn.to/2rVospE



Mayra